Termos de uso e Privacidade

POLÍTICA DE PROTECÇÃO DE DADOS DE CLIENTES

 

1. Identificação do responsável pelo tratamento dos dados pessoais

A MADEIRAS AFONSO, LDA. (em diante designada apenas por MADEIRAS AFONSO) é a responsável pelo tratamento dos dados pessoais de clientes, por meios informatizados ou não, desde a sua recolha, organização, conservação até à eliminação. A MADEIRAS AFONSO conhece e cumpre com as regras relativas à recolha e tratamento de dados pessoais, previstas no Regulamento (UE) 2016/679, do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de Abril de 2016.


2. Finalidade e fundamento do tratamento dos dados recolhidos

2.1 Finalidade

A MADEIRAS AFONSO irá utilizar os dados pessoais que nos forneça para as seguintes finalidades:


Para comunicação de marketing e/ou informação

Para emissão de documentos contabilísticos

Para enviar orçamentos solicitados

Para prestação de serviços

Para divulgação dos seus dados pessoais, caso o tenha autorizado, para assinatura de contractos ou outros serviços

Para manter um registo dos seus detalhes de contacto

Para fins comerciais, como processamento de encomendas, envio e recepção de propostas

Para auditorias

Para prevenção de fraudes,

Para agendamento de entregas pelos nossos meios ou por parte de terceiros

Para a expansão das actividades comerciais da MADEIRAS AFONSO

Para as operações e gestão do WEBSITE


Estas operações de tratamento de dados pessoais são uma ferramenta essencial para a sua satisfação e para a atividade da MADEIRAS AFONSO e são realizadas de acordo com a legislação aplicável e conforme as melhores práticas. Os seus dados pessoais não serão reutilizados para outras finalidades que sejam previamente identificadas ou que não tenham qualquer relação com aquelas finalidades para as quais foram inicialmente recolhidos.


2.2 Fundamentos

Os dados pessoais que a MADEIRAS AFONSO trata tem fundamentos específicos consoante as finalidades a que se destinam. Na tabela seguinte pode visualizar quais os fundamentos consoantes as finalidades acima identificadas:



FINALIDADE


Para comunicação de marketing e/ou informação


Para emissão de documentos contabilísticos


Para enviar orçamentos;


Para prestação de serviços


Para divulgação dos seus dados pessoais, caso o tenha autorizado, para assinatura de contractos ou outros serviços


Para manter um registo dos seus detalhes de contacto;


Para fins comerciais, como processamento de encomendas, envio e recepção de propostas


Para agendamento de entregas pelos nossos meios ou por parte de terceiros;



Auditorias;


Para prevenção de fraudes;


Para a expansão das atividades comerciais da MADEIRAS AFONSO.


Para as operações e gestão do WEBSITE; 


FUNDAMENTO


Consentimento para essa finalidade específica;


Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Diligências pré-contratuais;


Consentimento para essa finalidade específica;


Consentimento para essa finalidade específica; Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Consentimento para essa finalidade específica; 


Consentimento para essa finalidade específica; Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Consentimento para essa finalidade específica; Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO; 


Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO;


Consentimento para essa finalidade específica; Interesses legítimos prosseguidos pela MADEIRAS AFONSO (cookies); 

3. Forma como pode ser feita a recolha dos dados pessoais

Os dados pessoais são recolhidos se o cliente adquirir e/ou utilizar um produto ou serviço fornecido pela MADEIRAS AFONSO, se proceder ao preenchimento dos dados pessoais e se submeter algum dos formulários constantes no Website da MADEIRAS AFONSO.


4. Elenco dos dados pessoais que podem ser recolhidos

Os dados pessoais que podem ser recolhidos são os seguintes:

- Dados de identificação – nome completo, data de nascimento, número de cartão de cidadão, número de identificação fiscal;

- Detalhes de contacto – endereço pessoal, endereço comercial, endereço de e-mail de telefone/empresa, etc.

- Detalhes profissionais – profissão, organização onde trabalha e respectiva localização;

- Informações financeiras: número da conta e dados bancários;

- Informações relacionadas ao seu histórico de vendas e/ou prestações de serviços, nomeadamente histórico de manutenções, campanhas.

- Outras informações que o cliente possa optar por fornecer, como, por exemplo, o propósito da visita ao Website e às instalações da MADEIRAS AFONSO.

- Endereços IP de visitas realizadas ao Website ou às redes sociais da MADEIRAS AFONSO.


5. Período de conservação dos dados pessoais recolhidos

Os dados são conservados enquanto se mantiver a relação comercial com o cliente ou enquanto tal conservação for imposta por lei.

Uma vez atingido o prazo de conservação permitido por lei, os dados pessoais serão tratados com a máxima segurança de forma a permitir que não seja possível a sua identificação futura, conforme disposto no regulamento Geral de Protecção de Dados.


6. Medidas de segurança implementadas com vista à protecção dos dados pessoais recolhidos

- Controlo de acessos aos sistemas

O acesso a sistemas e aplicações é constituído pela identificação e autenticação dos utilizadores individuais e devem ser pessoais e intransmissíveis ficando sob a responsabilidade do colaborador em causa não partilhar com ninguém o seu acesso, assim como controlo de acesso, registo e rastreabilidade. As palavras-passe são automaticamente verificadas para conter caracteres especiais, alfanuméricos exigindo ao mesmo tempo números, letras maiúsculas e minúsculas e devem ser alteradas obrigatoriamente de 3 em 3 meses.

 - Controlo de acesso a dados de clientes

Os sistemas impedem atividades que não estão cobertas pelos direitos de acesso específicos para cada colaborador. O sistema de controlo de acessos a dados baseia-se num sistema interno personalizado onde os utilizadores podem solicitar acesso à sua chefia e que garantem o controlo de acesso diferenciado consoante a função. A configuração de acessos/perfis (como permissão para criar, alterar ou excluir) é definida dentro das aplicações. Esta tarefa é administrada por recursos internos/num administrador de sistemas.

 - Controlo de divulgação de dados de clientes

O enquadramento de segurança aplicável estabelece que a legislação internacional e nacional deve ser seguida, independentemente do local onde as operações são realizadas. As regras relativas à integridade pessoal baseiam-se no RGPD (Regulamento geral de protecção de dados) e em qualquer regulamento aplicável subsequente, complementado pela legislação nacional. 

 - Controlo e disponibilidade de sistemas

Inclui as medidas de protecção em vigor na MADEIRAS AFONSO, a saber: a realização de salvaguardas de discos rígidos em servidores

A MADEIRAS AFONSO tem implementada uma política de medidas antivírus, que consiste na instalação de software de protecção contra vírus em todos os equipamentos informáticos da empresa. Os servidores e clientes estão protegidos com firewall(s) (Sistemas de protecção e controlo de acessos às LAN(s)). A organização também inclui uma função central para o controlo de vulnerabilidades, actualizações/correcções de segurança de HardWare, Sistemas Operativos, Sistemas Operacionais e aplicações, que servem para prevenir, garantir e minimizar eventuais falhas com os sistemas e aplicações.

 - Controlo de separação de dados

Os dados pessoais recolhidos para diferentes fins são processados separadamente em conformidade com a legislação comunitária e nacional e as regras de segurança da MADEIRAS AFONSO.


7. Identificação das entidades com quem se pode partilhar os dados pessoais recolhidos

Os dados pessoais são partilhados apenas com quem tem necessidade de aceder à sua informação no exercício das suas funções ou por via de uma imposição legal. Sempre que terceiros acedam aos dados pessoais, implementar-se-ão medidas de segurança necessárias para garantir que a informação é utilizada de forma correcta e segura, de acordo com a presente Política de Protecção de Dados. 


8. Procedimento para aceder ou alterar os dados recolhidos e para solicitar o apagamento dos dados e a alteração ou retirada do consentimento dado

A qualquer momento, o cliente pode aceder aos dados pessoais e solicitar a sua alteração. Pode, também, alterar ou retirar o consentimento, com efeitos para o futuro. Após o cliente retirar as declarações de consentimento, o mesmo deixará de ser contactado e de receber comunicações para as finalidades descritas nesta Política de Protecção de Dados.

Para acesso aos dados, pedido de alteração e para retirar as declarações de consentimento, o cliente deve utilizar os seguintes contactos:

MADEIRAS AFONSO, Lda.

Rua do Bairro, nº 9100

3105-065 Carriço

Email: geral@madeirasafonso.pt


9. Dados de contacto para esclarecimento de questões relacionadas com o direito de protecção dos dados recolhidos e com o direito de apresentação de reclamação junto da autoridade competente

Para qualquer questão relacionada com a recolha e a utilização de dados pessoais, o cliente deve utilizar os seguintes contactos:

MADEIRAS AFONSO, Lda.

Rua do Bairro, nº 91003105-065 Carriço

Email: geral@madeirasafonso.pt

Mediante determinadas condições, na qualidade de titular dos dados pessoais, o cliente poderá ter o direito de solicitar, informação adicional sobre a utilização que a MADEIRAS AFONSO faz dos seus dados, cópia dos dados que são recolhidos, a transmissão dos dados pessoais a outro responsável para tratamento, quaisquer incorrecções nos dados pessoais que são conservados, a eliminação dos dados cuja utilização deixou de ser legítima e a limitação da forma como os dados pessoais são utilizados.

O exercício destes direitos sofre excepções destinadas à salvaguarda do interesse público ou do interesse da MADEIRAS AFONSO. Caso algum destes direitos seja exercido, proceder-se-á à análise do pedido e envidar-se-ão todos os esforços para ser respondido no prazo de 30 (trinta) dias.

Caso seja pretendido apresentar uma reclamação com respeito à recolha e tratamento dos dados pessoais, a mesma deve ser dirigida à autoridade de controlo nacional: Comissão Nacional de Protecção de Dados – CNPD, Rua de São Bento, n.º 148, 3º, 1200-821 Lisboa, Telefone: 213928400, Fax: 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt.